domingo, 8 de maio de 2011

Essência


Emudecer as palavras e enaltecer os gestos.
Após o beijo decidir qual será o próximo passo.
Envolto a um laço, num embrulho de roupas,
Das fantasias, as loucas, sem ritmo e em descompasso.
Abnegados de qualquer pudor e preconceito.
Trazendo no peito, apenas, do sentimento, a essência.
Imensurável atração nos une, neste instante,
Ficção e realidade se confundem na mesma frequência.
Entrelaçados por um campo invisível e indestrutível,
Magnetismo e audácia, perspicácia eminente.
Encontramos nos braços, segurança, conforto e carinho.
Deixemos a discórdia ao futuro e nos valemos do presente.
O tempo que nos cerca não atrapalha, mas impõe regras.
Fervorosamente as mesmas nos instigam a burlá-las.
A chama solta no inconsciente atrai a libido,
Incandesce as almas e faz os corpos ter de buscá-las.
O sentimento que resplandece para todos à sua volta.
Propaga o amor e estima a união destes corpos, em prazer.
Pertencentes um ao outro, desde o inicio, desde sempre.
Saciados e com um sorriso estampado, só tem a agradecer.


@JuniorDihl

Nenhum comentário:

Postar um comentário