sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A INSPIRAÇÃO DO POETA


O poeta não espera a inspiração, mas a constrói, vivendo. É neste acervo diário de inspirações que ele solidifica e arquiteta suas sensações, em palavras mil. Na maioria das vezes, uma situação abrupta instiga uma frase e, desta, nasce uma canção, soneto ou poesia. O poeta tem o conhecimento sobre as palavras e as respeita, o que é indispensável no seu currículo, saber respeitar as palavras e as observar dançando de um lado ao outro, até que se formem belas histórias.
O poeta não planeja, mas também não improvisa, é cauteloso e sucinto, mediador de histórias e conflitos estrelados por ele próprio, por pessoas de seu convívio, ou personagens criados por sua imaginação, muitos ainda fantasiam personagens para falarem aquilo que sentem sem ser hostilizados, ou penalizados por suas palavras. Ainda que seus anseios sejam subliminares, a escrita não o perdoará e ele dependerá da interpretação de quem lê. Esta conotação nos mostra que saber interpretar é indispensável, pois o poeta traduz em palavras, seus sentimentos, isso, na óptica de quem está lendo, pode não ser transmitido ao papel.
Ao leitor assíduo, será preciso um acompanhamento minucioso junto aos textos de determinado autor, para poder traçar um perfil de leitura e saber entender, sem muitos rodeios, do que está falando este escritor. Ao leitor que busca uma inspiração, bastará apenas que leia e interprete do seu modo cada palavra descrita. Já o poeta. O poeta precisará viver e representar em palavras este cotidiano, a partir daí seus admiradores saberão o que estão lendo e se tornarão seus melhores amigos.
Contudo, o poeta não é aquele que descreve uma linda história de amor, este também é um, mas sua principal qualidade é fazer com que o leitor desprenda-se do espaço em que está inserido e viaje sem receio, sem pudor, por todo o caminho que as palavras podem levá-lo e representar, entre linhas rabiscadas, um mundo diferente e possível. O poeta não é aquele que somente descreve o sonho, mas sim, aquele que sonha junto.

@JuniorDihl

Nenhum comentário:

Postar um comentário